domingo, 2 de março de 2014

MARÇO - é Carnaval!!!

Arquivo Google
Dia 1. - Pois é. O mês de março começou, e com ele o Carnaval de 2014. Daqui a pouco chega a Páscoa, a Copa do Mundo, o tempo passa e a gente nem percebe. Pior, nem sente que está envelhecendo!!!
Tenho muitos planos para este mês: dia 17 é aniversário da minha neta, lá no litoral, e vamos fazer uma festinha para as amigas, bem menininha, simples e divertida. O tema? Conto depois, por enquanto é segredo. Só posso dizer que, neste ano, não vai ter um personagem, vai ser um tema "mulherzinha". Afinal, ela vai fazer 8 anos, já está crescidinha! rsrs
Vou trazer fotos, certamente.

Dia 2. - Eu gosto de Carnaval. Não da muvuca, de barulhada, de aglomeração. Gosto das cores, das músicas antigas (sambas enredo e marchinhas), de ver as fantasias, os carros alegóricos... Dizem que é uma alegria forçada. Pode ser. Mas me recordo dos carnavais do Rio de Janeiro, quando minha tia era viva e as filhas, genros, netos e sobrinhos se preparavam para sair na "Caprichosos de Pilares". Minha tia era muito religiosa, quase beata, mas, no Carnaval, ela deixava de lado suas "manias" e se esmerava na confecção das fantasias das suas "meninas" e na preocupação com a segurança. Rezava o tempo todo para que tudo desse certo. Não convivi muito com ela, eu morava em BH, só ia ao Rio nas férias, mas, amava receber as notícias da Escola de Samba do coração! Cresci e vou morrer gostando da alegria do Carnaval.
Meu neto saiu de Bambam e a amiguinha dele de Pedrita. Aos dois anos, qualquer fantasia fica linda. Ele aproveitou tanto que dormiu a tarde inteira. Cansado demais!

Dia 3. - Ao lado da alegria do Carnaval, a angústia da família com a agonia do meu querido cunhado Viniciius de Morais -assim mesmo, como o poetinha. Como o poetinha ele gosta de música, de poesia, de amar... amou por mais de 60 anos a mesma mulher, Maria, sua eterna namorada. Ela se foi, antes dele, foi no ano passado, e o deixou bastante triste. Mas, ele era durão, assim como a vida foi dura com ele. Jamais reclamou, jamais ficou triste ou deprimido. Nos últimos tempos ficou um pouco esquecido, várias vezes nos perguntava: -A Maria morreu? E aí seus olhos azuis, muito claros, enchiam-se de lágrimas que logo eram disfarçadas. Ele já estava pensando em outra coisa, acho que em alguma coisa que não o fizesse sofrer -porque a saudade de Maria era demais.

Dia 4. - Último dia de Carnaval. Nosso coração está pequenininho, apertado. A angústia e a tristeza tomaram conta das horas. Olhos pregados na tela do notebook, aguardando notícias do hospital.  Me lembro da minha avó: - Notícia ruim chega depressa! Ah, se ela soubesse, se ela  vivesse agora, saberia que noticia, boa ou ruim, chega depressa demais. Computador é fuxiqueiro, conta tudo, e conta depressa, nem dá tempo de respirar. Passei o dia costurando, quiltando e olhando -de rabo de olho- para a tela. De repente, lá vem ele, o fuxiqueiro, contando que meu cunhado acaba de partir. Que ele foi procurar sua Maria, que sem dúvida está lá, toda pronta, toda de branco, esperando por ele, ansiosa demais. As primeiras palavras? Posso apostar que foram essas: -"Ah bem, como você demorou". Foram oito meses mas, para os dois, que nunca se separaram, desde que começaram a namorar, devem ter parecido século. Estou muito triste, mas, estou aliviada, Vinicius parou de sofrer. Está feliz, está alegre, está dizendo ao ouvido de sua querida lindas palavras de amor.

Arquivo da família
Eles se foram mas, deixaram uma família linda, unida, amorosa, com valores que são verdadeiros tesouros. Deixaram filhos, netos e bisnetos que nunca os esquecerão. Vá em paz, cunhado! Vá se encontrar com Maria!

Dias  5, 6 e 7 - LUTO!


Dia 8 - O normal seria um luto de 7 dias mas, a vida continua - The show must go on!!! (a música foi lançada pouco antes da morte de Freddie Mercury - fico pensando se ele sentiu que ia partir para sempre). 
 O show deve continuar
Por dentro meu coração está se partindo,
minha maquiagem pode estar se derretendo,
mas o meu sorriso continua.
Grande Freddie, grande Queen!!!
Concordo, temos que continuar nossa caminhada. Retomei minhas atividades no ateliê - encomendas, cegonhas, corujas, Fulecos, aniversário da neta, lembrancinhas que depois eu mostro, porque se mostrar antes da festa acontecer ela fica brava comigo. Bom, vou mostrar só a máscara para relax - tema será SPA. As meninas vão ter um dia de DIVA!

Máscara - arquivo Iaia Arteira
Vem também a Páscoa e eu fiz um coelhinho que estou amando:

Coelho com skate - arquivo Iaia Arteira
 Não é novidade que me apaixono por todas as peças que faço. Algumas tenho até dó de entregar! rs

Dias 9 a 13 - Então, não tive tempo de passar por aqui nos últimos dias. Os projetos do aniversário da neta me tomaram todo tempo.
Fiz algumas cegonhas também. Além das verdinhas, uma azul com lençol personalizado, que adorei fazer:
Arquivo Iaia Arteira
Agora é partir rumo ao litoral e aproveitar o aniversário da Lulu. Semana que vem estarei de volta, para pegar firme nos projetos das Bonequeiras sem Fronteiras. Por falar nelas, me lembrei que a Vi, do blog O TACHO DA PEPA, fez um excelente post sobre doações, pessoas que desviam o que arrecadam e tais. Concordei com ela e aproveito o ensejo para dizer da minha alegria em participar, sempre que posso, das campanhas de três mulheres lindas, que entram na minha lista de MULHERES FANTÁSTICAS (acabei de criar !!! kkk)
1. -  Luci Cardinelli, do Blog Solidário, que trabalha com instituições do Rio de Janeiro.
2. - Janaína Costa Marzon, do Blog Casa de faz de conta - onde a campanha é MEIA VÉIA, mas só podemos doar meias novas, rsrs.
3. -  Andrea Cordeiro, que coordena as Bonequeiras sem fronteiras, onde mais de 500 pessoas do Brasil inteiro se dedicam a doar bonecas artesanais e diversos itens a crianças e idosos.
4. - Claudiene Finotti, do Blog Força de Expressão, e suas Fadas Madrinhas.
Para conhecer o trabalho das meninas, já que o ano está começando e elas tem campanhas novas no ar, acessem os links e coloquem o coração para ajudar.

19 comentários :

  1. Legal vc curtir Carnaval.
    Seu netinho deve ter ficado um fofo.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curto. Sou fã das marchinhas! rsrs
      Afinal, vou fazer 71! kkk
      Bjks e obrigada pela visita.

      Excluir
  2. Iaiá eu adoro carnaval, sou daquelas cariocas da gema que os pais levavam para blocos infantis, bailinhos e todo ano minha avó materna fazia nossas fantasias.
    Tenho certeza que o aniversário da sua neta será lindo.
    Fiquei emocionada com seu relato sobre a partida do seu cunhado. Tenho certeza que ele descansou, se livrou da tristeza e foi recebido por sua Maria.
    Beijão minha querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por seu carinho.
      A cada dia acredito mais na possibilidade de reencontrarmos nossos entes queridos. Meus cunhados acreditavam, e sei que ele foi feliz na expectativa de vê-la.
      Bjks. Iaia Arteira

      Excluir
  3. Neli, em meio às alegrias, pode haver um "tom" mais escuro, de tristeza. Mas nada que nos desanime, afinal, a vida continua. Continua nos filhos, nos netos, nos bisnetos do seu cunhado, por exemplo.
    A alegria do carnaval nem sempre é legítima, regada a porres. Mas a alegria da vida tem que ser verdadeira.
    Que a dor de vocês seja amenizada pela certeza de que a vida continua e que somos eternos, nos corações de quem nos ama.
    Beijo e uma semana tranquila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lúcia. Foi uma cerimônia tão linda, com tanto amor, tanta fé no reencontro dos dois. Uma lição de amor de nossas famílias! Houve lágrimas sim, de emoção, não de dor.
      Bjks. Iaia Arteira

      Excluir
  4. Neli....td na vida tem seu tempo certo. Como sabe recentemente perdi meu tesouro meu amor. Mas assim quis Deus. Força e fé para tds. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei, e orei muito por você. Não esquecemos, mas as feridas se tornam mais suportáveis. E o carinho dos amigos é essencial, Obrigada.
      Bjks. Iaia Arteira

      Excluir
  5. Neli....td na vida tem seu tempo certo. Como sabe recentemente perdi meu tesouro meu amor. Mas assim quis Deus. Força e fé para tds. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Demais Pereirovsky! Amo seus textos, tão suaves, tão lindos!

    ResponderExcluir
  7. É,Neli...a vida continua..."vamo que vamo"!
    Umbjo,Nena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Nena. E não é apenas viver, é viver com qualidade, com vontade e principalmente com amor.
      Obrigada pela visita, Bjks

      Excluir
  8. Neli, adoro seu diário mensal !!!
    Apesar de uma dor tão aguda, vc não conta isso de forma triste, conta com amor, e isso torna até a partida mais fácil !!

    Quero ver as fotos do niver hein ???
    Mostra tudinhoooooooo, srrsrs

    Obrigada por citar o post aqui, temos mesmo que divulgar os trabalhos sérios !!!

    Bjus 1000 e um ótimo finde prá ti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A cada dia me convenço mais que o que está faltando no mundo é AMOR, assim, com todas as letras maiúsculas. Meu cunhado era feito de amor... amor por tudo e por todos. Era um poeta. Ficou casado mais de 60 anos e amou, amou intensamente, a mulher que era tudo para ele. Ele se foi mas, a lição de vida ficou.
      Quanto às fotos, já estão no último post. Eu me diverti demais!!!
      Nem precisa agradecer, tenho o maior prazer em divulgar coisas boas, que merecem ser vistas e/ou lidas. Bjks para vocês.

      Excluir
  9. Neli, pela primeira vez entro no teu blog. Adorei!!!! Podes crer que volta e meia vou pintar por aqui. Bjo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita. Volte quando puder, adoro visitas. Bjks.

      Excluir
  10. Oi Neli,
    Com um nó na garganta termino a leitura de seu "atestado de amor".
    Não há mesmo dúvida de que ele é a mola propulsora do mundo.
    Obrigada por compartilhar conosco emoções tão fortes e verdadeiras.
    Receba meu abração afetuoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Regina. Obrigada pela visita. Eu queria poder distribuir amor todos os dias, a todas as pessoas. Sinto que o mundo está tão carente deste sentimento tão fácil de doar. Basta uma palavra, um olhar, um sorriso... não custam nada e fazem tanto bem. Meu cunhado foi assim. Amou-nos sempre, a todos, com um carinho que vc não pode imaginar. Vai nos fazer muita falta!!! Bjks e mais uma vez, obrigada.

      Excluir

Obrigada pela visita.Deixe o seu recadinho e eu responderei.

IntenseDebate Comments - Last 5

Ocorreu um erro neste gadget