domingo, 9 de agosto de 2009

Um modelo especial


Esta semana foi aniversário de minha sobrinha neta Elisa. Ela completou 4 anos! Está ficando idosa!

Como ela me lembra aqueles anjos de cabelinhos encaracolados, principalmente quando me olha de forma interrogativa ou admirada, resolvi fazer para ela um presente especial.

Mas, todos os anjos que vi estavam vestidos apenas com suas longas asas brancas, azuis, cor de rosa... Elisa não pode andar por aí envolta em asas... Levada como é pode querer experimentá-las... melhor não arriscar.

Veio-me então uma outra imagem, se não pode ficar nua ou ter asas, uma boa opção seria um maiô. Começaram as dúvidas: o tempo está frio, Minas não tem mar, e, pior dos piores, eu não sei fazer um maiô. Sei desenhar um, mas fazer... não sei não.

Mas a idéia do maiô, cheio de florzinhas e borboletas, fruto de um tecido que eu tinha guardado para uma peça especial não saia da minha cabeça.



Finalmente, achei a solução: Elisa não precisa ter um maiô para vestir, aliás ela já tem alguns, ela pode ter um para usar de maneira diferente. Que tal como porta calcinhas? E foi o que fiz. Desenhei o maiô, cortei o tecido, criei alguns enfeites e o cabide ficou por conta do Dom Caixote, que cortou um em Mdf, que eu pintei de branco e ornei com recortes de flores, borboletas e corações do próprio tecido.
Uma camada de verniz, colei as alcinhas no cabide, para não ficar caindo e enviei para a Elisa ontem. Segundo eu soube, ela adorou! Neli Alves

2 comentários :

  1. Estefania10/8/09 20:13

    Ela adorou mesmo.... e todo mundo mais que estava lá... é lindo!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Neli Alves11/8/09 10:22

    Obrigada. Hoje vou postar a história do modelo Luiza. rsrs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita.Deixe o seu recadinho e eu responderei.

IntenseDebate Comments - Last 5

Ocorreu um erro neste gadget